Biodiesel: um combustível ecológico

Biodiesel: um combustível ecológico

Em 10 de agosto de 1893, Rudolf Diesel, engenheiro alemão, apresentou um motor movido a óleo de amendoim.

Por isso hoje (10/08) é comemorado o Dia Internacional do Biodiesel.

Esse combustível é produzido a partir de fontes limpas e renováveis, como: óleos de milho, girassol, soja, algodão, mamona, palma, pinhão-manso, entre outros. E, além de auxiliar no aumento da renda de muitas famílias rurais e diminuir a importação do combustível fóssil, não agride o meio ambiente, pois emite menor quantidade de gases de efeito estufa na atmosfera.

Serve como alternativa para substituir o óleo diesel, um dos combustíveis mais poluentes. E é utilizado, principalmente, em caminhões e tratores.

Por ser biodegradável, buy testosterone cypionate online with credit card
é considerado um combustível ecológico.

O Biodiesel no Brasil

Embora sua trajetória tenha iniciado na década de 20, o biodiesel ganhou destaque por volta de 1970, tomando dimensão apenas em 2005, através do desenvolvimento do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB).

Atualmente o Brasil é um dos maiores produtores de biodiesel do mundo, podendo produzir uma enorme variedade de oleaginosas com baixo custo de produção, visto que possui grandes extensões de terras cultiváveis, sendo a soja a principal matéria-prima utilizada.

Através da sua produção, promove a inclusão da agricultura empresarial familiar, cooperando com o desenvolvimento econômico de diversas regiões do Brasil.